Cidades em Transição

    E já que estamos falando em projetos urbanos, genial a iniciativa do permacultor Rob Hopkins de criar uma comunidade 100% sustentável. O ex-professor universitário, autor de vários livros e criador do movimento Transition Town Movement (Movimento Cidades em Transição), cujos focos principais são: a independência de produtos do petróleo, o fortalecimento da economia local e o olhar voltado para as mudanças climáticas, decidiu colocar em prática esse estilo de vida em Totnes, uma vila em South Devon, no sudoeste da Inglaterra.
     A cidade pretende ser um modelo de transição urbana, possui sua economia voltada para o comércio local, utiliza moeda própria, além de ser independente de petróleo. A população da cidade, de cerca de 10 mil habitantes, lidera voluntariamente os grupos temáticos e discute a melhor forma de transformar a cidade em um modelo sustentável.
     O movimento já possui iniciativas de transição em mais de 30 países, incluindo o Brasil. Saiba mais em: Transition Brasil

Dar a luz

     Em recente viagem a Petrópolis, fiquei admirada e feliz ao observar na serra, BR 040, que os postes de iluminação pública estão equipados com placas solar, fonte de energia pura, renovável e não poluente.
     Conversando com o google descobri que as placas mantém os postes de forma integral, pois possuem iluminação LED, tecnologia que reduz em 75% o consumo de energia, além de não utilizar chumbo e mercúrio no processo de sua fabricação e emitir uma quantidade menor de gás carbônico na atmosfera, quando comparada com uma lâmpada convencional.
     Parabéns a Concessionária pela iniciativa. É bom ver soluções inteligentes chegando ao espaço público. Aumenta a esperança de que um dia a humanidade encontre o equilíbrio entre a sustentabilidade e o progresso.