7 Plataformas de Crowdfunding: uma delas é ideal pra você!

Você já sabe sabe o que é crowdfunding? Ainda não? Então dá uma olhadinha nesse artigo que publiquei há alguns meses atrás, no lançamento da campanha do Destino sustentável. Nosso objetivo com o financiamento coletivo era comprar equipamentos para registrar e compartilhas as experiências e viagens que já estávamos fazendo. Nossa meta mínima, cinco mil reais. Conseguimos! E vocês podem ler um relato dessa experiência aqui.

Durante a preparação da campanha fiz uma pesquisa sobre as plataformas existentes, suas características e especificidades. Acabei escolhendo a Benfeitoria, por causa do seu lema: crowdfunding sem comissão para projetos de impacto. Hoje um amigo me escreveu perguntando quais eram as diferenças entre elas e decidi compartilhar o que sei com vocês, pra adiantar a vida de quem está pensando em fazer um financiamento coletivo em 2015 e ainda não conseguiu escolher a plataforma.

1. Catarse: É a maior comunidade de financiamento coletivo do Brasil, o que significa que, ao publicar o seu projeto aqui, você garante que ele será visto por um grande número de pessoas. Segue o modelo tudo ou nada, ou você arrecada o total da meta mínima ou não recebe nada (nesse caso o dinheiro é devolvido para os colaboradores) e cobra comissão de 13% dos projetos financiados. Sua taxa de sucesso é menor do que de algumas outras plataformas, atualmente está em 55%. Entretanto, os números de arrecadação são altos! Nos quatro anos de existência arrecadou mais de 25 milhões, sendo 12 milhões apenas em 2014, uma média de R$1 milhão por mês! O projeto com maior arrecadação até hoje foi o Mola, com mais de R$ 600 mil.

2. Benfeitoria: De acordo com seus idealizadores, é primeira plataforma do mundo a não cobrar comissão dos projetos financiados. Também funciona no modelo tudo ou nada. Aceitam iniciativas de qualquer tamanho, com a única condição de que promovam o bem comum. Oferecem consultoria gratuita para elaboração e divulgação da campanha. Outra característica interessante é que oferecem a possibilidade de crowdsourcing, ou seja, contribuições não financeiras, em serviços que possam contribuir para a realização do projeto.

3. Kickante: Essa é uma plataforma versátil, pois além do formato tudo ou nada (com uma taxa de comissão de 12%), é possível realizar campanhas flexíveis, onde você recebe o dinheiro mesmo que a meta não seja alcançada (nesse caso paga uma taxa de 17,5%). Oferece parcelamento em 6X para contribuições acima de R$100. Essa plataforma é a mais indicada pra quem está inseguro e não tem certeza do alcance da sua rede ou da aceitação do projeto e, consequentemente, do resultado da arrecadação.

4. Vakinha: No ar desde 2009, é uma plataforma simplificada, ideal para projetos pequenos. Não é preciso publicar um vídeo, nem oferecer recompensas. Você diz o que você quer, quanto precisa, define se a campanha será pública ou particular, divulga para seus amigos através de e-mail e mídias sociais e saca o valor arrecadado. Não cobra comissão, o único custo é a taxa do pagseguro, que varia entre 2,9 e 6,4% de acordo com a forma de pagamento.

5. Juntos.com.vc: uma plataforma exclusiva para negócios sociais. Funciona pelo tudo ou nada, não cobra comissão e oferece consultoria gratuita. Em dois anos e meio sua taxa de sucesso é de 80%, já arrecadou mais de 1.500.000, distribuidos entre 100 projetos.

6. Unlock: Muitas vezes é difícil arrecadar de uma só vez a quantia necessária para todo o período de realização de um projeto. Faltava uma ferramenta que permitisse a contribuição com pequenos valores mensais. O Unlock veio preencher essa lacuna. (Veja também o Recorrente, lançado paralelamente pela Benfeitoria).  É possível contribuir com boleto ou cartão com um valor fixo mensal ou fazer contribuições pontuais. Além disso não cobra comissão e não possui nenhum tipo de curadoria, qualquer tipo de projeto é permitido.

7. Kolmea: primeira plataforma brasileira com foco em projetos sustentáveis. Basta que o projeto atenda pelo menos um aspecto do tripé da sustentabilidade (ecológio, social ou econômico), em pelo menos uma de suas etapas para que seja aceito no site. Funciona pelo formato tudo ou nada.

Recomendo que vocês usem uma dessas plataformas, as mais conhecidas ajudam na divulgação do seu projeto. Mas além dessas já existem muitas pequenas plataformas de nicho no Brasil. Veja aqui o mapa do crowdfunding no Brasil.

Se você está pensando em fazer um financiamento coletivo e não sabe por onde começar, entre em contato conosco! Tenho certeza que podemos contribuir de alguma maneira para que você possa realizar seu sonho!

 

 

One thought on “7 Plataformas de Crowdfunding: uma delas é ideal pra você!

  1. Olá, tudo bem?
    Somente uma correção, a Kickante parcela contribuições acima de 50 reais e não acima de 100 reais como está no artigo 😉

    Abs,
    Lisane Andrade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *