Captação empoderada

A captação empoderada é uma forma de captação de recursos utilizada dentro da metodologia Dragon Dreaming de desenvolvimento de projetos colaborativos. Os projetos desenvolvidos pelo método devem apresentar três características:

1. Auto-conhecimento e crescimento pessoal;

2. Desenvolvimento da comunidade;

3. Contribuição com o planeta.

A minha experiência pessoal com essa forma de captação é bem interessante. Há quase um ano atrás eu fiz o curso e saí convencida de que aquilo não era pra mim. Tratar de dinheiro assim, pessoal e diretamente, não era algo que eu estava pronta pra fazer. Após alguns meses eu consegui fazer um financiamento coletivo, com sucesso, mas ainda não sentia que eu era capaz de fazer a captação empoderada.

No início de novembro desse ano eu fui para o Confestival Dragon Dreaming e conheci o John Croft, idealizador do método. Eu queria fazer o curso de ecologia profunda que iria acontecer na sequência, me desafiou a captar mais algum dinheiro para completar o pagamento do curso. E sem me dar tempo pra pensar disse que devia começar por ele. O que aconteceu na sequência foi que eu acabei captando exatamente o valor necessário para pagar o curso integralmente.

Foi uma experiência incrível e reverberou tanto que ao sair da imersão eu captei a verba necessária para fazer o Treinamento do Transition Towns. Pra completar o ciclo esses dois cursos, realizados com o dinheiro da captação empoderada, me deram a clareza que eu precisava, trouxeram as peças que estavam faltando para os próximos passos do Destino Sustentável. E várias ideias para tornar o projeto sustentável economicamente.

Fiquei tão feliz com o resultado que decidi compartilhar umas dicas pra vocês irem treinando enquanto não podem fazer o curso. Para utilizar a captação empoderada é importante que o projeto atenda as características dos projetos Dragon Dreaming, pois só assim o captador conseguirá demonstrar convincentemente a necessidade da realização do projeto.

Cada membro que está ativamente envolvido deverá realizar os seguintes passos:

1. Faça uma lista de 10 pessoas que você acredita que irão se identificar com o projeto e que tem recursos para apoiá-lo;

2. Marque um encontro presencial com cada uma dessas pessoas;

3. Ao encontrá-la apresente o projeto de forma sucinta, deixando claro porque você participa dele e demonstrando seus benefícios nos três âmbitos: pessoal, comunitário, global.

4. Convide a pessoa a participar do projeto contribuindo financeiramente com o valor  X. Aqui o ideal é que você proponha o valor que você acredita que seja o ponto de equilíbrio da pessoa. O ponto de equilíbrio é uma quantia que você sabe que a pessoa pode contribuir, que não será um sacrifício, mas representa um valor significativo.

5. Esse passo depende do resultado do anterior:

Se a pessoa aceita participar: você agradece e pergunta se ela conhece mais alguém que poderia contribuir.

Se a pessoa não aceita participar: você agradece assim mesmo, pergunta se a pessoa gostaria de compartilhar o porquê de não querer participar, você pode aprender muito e identificar falhas no projeto ou na apresentação do mesmo. Dependendo desse retorno você pode perguntar se a pessoa conhece alguém que gostaria de contribuir.

Quer saber mais sobre a captação empoderada e o Dragon Dreaming? Visite o portal Dragon Dreaming Brasil e fique por dentro dos cursos, palestras e encontros. E se quiser organizar um curso em sua cidade, entre em contato conosco que nós te ajudamos a organizar!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *