Transição

Um dia desses um mestre da agricultura falava sobre o período de transição necessário para uma produção tradicional se tornar verdadeiramente orgânica e ser reconhecida como tal. Um período de pelo menos dois anos investindo na terra, produzindo sem agrotóxicos ou adubos químicos, muitas vezes colhendo menos do que antes e sem poder, ainda, dar valor de orgânico a produção, alguns prejuízos financeiros são inevitáveis.

É preciso ter fôlego pra passar por esse período. Alguns desanimam pelo caminho e voltam atrás, talvez por despreparo ou desconhecimento do tempo de transição, mas os que resistem e alcançam os resultados, muitas vezes melhores do que esperavam, não se arrependem.

Me identifiquei com esse processo. Sinto que estou, já há algum tempo, em transição. Lido com algumas perdas e dificuldades. Pessoas queridas que escolhem seguir na vida tóxica, reféns vivendo nos moldes do Capital. Prejuízos materiais. Igualzinho ao agricultor. Vejo que estou sozinha, no  tempo da minha travessia, mas a cada dia me conecto com mais pessoas seguindo na mesma direção, pra dentro de si, de encontro a sua verdade interior. Sou movida por uma certeza interna de que em breve estarei colhendo os frutos que almejo. Orgânicos.